Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dados que contam histórias

Dados que contam histórias

(#19) Microscópio, sirene, monstro

por Rita da Nova, em 10.02.16

dados-19.jpeg

 

 

G:

“Não faças isso. Não faças isso. Não faças isso.” - a voz na sua cabeça não se calava. “Não bebas isso. Tu não sabes o que trouxeste do laboratório. Tu não sabes o que isso faz.” Não sabia, de facto. Diz-se que a curiosidade matou o gato mas ele não era gato, ou era?
Na rua ouviram-se pela primeira vez as sirenes. Eram eles. Pegou no tubo e destapou-o. O líquido encheu a sala com um cheiro forte, a farmácia. Ouviu-os a subir as escadas do prédio, aos gritos. Olhou para dentro do tubo. “Que raio é que isto me vai fazer?” Na porta ouviu-se um pontapé. Outro igual e iria abrir-se. Ele ergueu a mão e bebeu tudo de penalti. Não sentiu nada. Outro pontapé e a porta abriu-se. Estavam agora 5 homens, de fato e máscaras, à sua frente. E ele ali, parado, no meio da sua sala.
Ia começar a falar quando os ouviu a dizer entre si “Vazia. A sala está vazia.” Vazia? Tinha funcionado! O líquido tinha funcionado! Pé ante pé saiu da sua sala sem que ninguém o visse. Aliás, viveu o resto da vida sem que ninguém o visse.

 

∞∞∞

 

R:

UEEOOO, UEOOO, UEEEOOOO!
Saiam da frente, saiam da frente, saiam da frente!
O pai ia com um chapéu de bombeiro e de sirene ligada na voz. Tinha pegado nele como se de um saco de batatas de tratasse. Tinha ido pela cozinha, o caminho mais curto e descongestionado até ao quarto.
Pousou-o na cama, expulsando o gato gordo que lá dormia.
Vamos ter de arrancar o dedo, não há solução.
Miguel, de surpresa fingida nos olhos, esforçava-se para não rebentar de riso.
Vou aqui ver o seu dedo ao microscópio de médico
, disse o pai, com uma piscadela de olho.
SENHORA ENFERMEIRA, SENHORA ENFERMEIRA!!!
A mãe apareceu à porta, de colher de pau na mão.
Diga?
Diga? Como é que consegue estar tão calma? Este paciente foi infectado por um veneno muito perigoso e a qualquer momento pode transformar-se num monstro!
Miguel saltou da cama e agarrou-se ao pai como se o atacasse.
Pois sim, disse a mãe. Avisem quando já estiverem os dois transformados em monstros, que o jantar está quase na mesa.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D