Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dados que contam histórias

Dados que contam histórias

(#10) Velhota, gaiola, intrigado

por Guilherme Fonseca, em 23.01.16

dados-10.jpg

 

R:

A aldeia vivia com medo daquela velhota. Muito curvada, de expressão seca, vagueava pelas ruas estreitas sem nunca falar. Nem sorrir, nem olhar ninguém nos olhos. Corria o mito de que ela nem sequer os tinha, que ali havia duas pedras negras a tapar o buraco.
Felícia e Agostinho tiveram de a seguir um dia. Passavam os dias intrigados e, ao contrário do resto da aldeia, não tinham medo. Estavam apenas curiosos, como boas crianças que eram.
Discretos e aos cochichos, lá a seguiram até casa um dia, na esperança de resolver o mistério. Deixaram-na entrar, esperaram que tivesse tempo de se pôr à vontade, e ganharam coragem para espreitar pela janela.
Aquilo que viram pôs-lhes o coração a bater mais forte, quase tão forte como as asas dos pássaros que esvoaçavam naquela sala. E a velhota, numa festa de cor e penas, rodopiava com eles, ao som da música que eles chilreavam. Naquela casa não havia gaiolas; não era preciso. Os pássaros eram tão felizes com ela, que nunca quereriam fugir. E a velhota era tão feliz com eles, que não precisava de amigos humanos para nada.

 
∞∞∞
 
G:

As duas crianças estavam agachadas, no parapeito da janela, a olhar para a gaiola vazia.
Juro-te!” disse Henrique.
Isso é uma estupidez.” respondeu-lhe a Luisa. Todos os dias a mesma investigação, nunca chegavam a nenhuma conclusão. Hoje o Henrique tinha uma.
Ouve… de dia o pássaro desaparece, não é?
Sim.
E de noite, ele está lá… mas e a velha?
A velha desaparece.
Então! Se eles nunca estão no mesmo sítio ao mesmo tempo… ela é o pássaro!
Oh, isso é parvo. Como é que ela é o pássaro, mano?
É ela, juro-te! E depois durante o dia transforma-se para andar pela rua.
A refilar connosco”.
Riram-se os dois. Atrás dele, de repente, ouviu-se barulho de madeira a ranger. Viraram-se ambos, devagar. Era a velha, que os olhava de mãos nas ancas, e que depois de alguns segundos abriu a boca e só disse “piu”. O Henrique e a Luisa fugiram a correr. E juram que enquanto desciam as escadas, conseguiam ouvir a velhota a rir.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D